Alinhamento de eixos a laser SKF: reduza até 50% do custo com paradas.

Alinhamento de eixos a laser SKF: reduza até 50% do custo com paradas.

TKSA 41, o que é e para que serve?

A TKSA 41 é uma ferramenta a laser, utilizada para obter alinhamentos de eixos precisos e ágeis. Com duas unidades de medição sem fio, grandes detectores e poderosos lasers, o mecanismo realiza medições específicas, mesmo nas condições mais complexas.

Fabricado pela SKF, empresa multinacional sueca e líder mundial na produção de rolamentos, a solução possui display ergonômico com navegação intuitiva e uma tela sensível ao toque. Tais recursos agilizam e facilitam o serviço de alinhamento, além disso o modo de “medição livre”, possibilita alinhamentos em espaços reduzidos e com restrições de movimentação.

O foco do TKSA 41 é voltado às melhores práticas de alinhamento, o que lhe garante o reconhecimento de ser a solução para regulagem com maior valor no setor. Diante de sua qualidade, versatilidade e preço justo, a ferramenta se destaca quando comparada às concorrentes.


Principais características da TKSA 41

Dentre as principais características da ferramenta, realçamos:

• Medição em posições livres;

• Leitura de QR code;

• Câmera integrada;

• Ângulo mínimo entre as posições de medição mais distantes de 90°;

• Conexão wireless entre o display de controle e os cabeçotes de medição.

Agora que você já conhece a TKSA 41, a melhor ferramenta para alinhamento de eixos, que tal entender o que significa, quais são os tipos e a necessidade dessa regulagem? Confira a seguir.


O que é o alinhamento de eixos?

Essa técnica é utilizada para corrigir o desalinhamento entre dois eixos nos planos horizontal e vertical e tem como objetivo colocar os centros de rotação em uma linha reta. Você sabe quais são os três principais problemas no alinhamento de eixos? Veja a seguir.

• Paralelo ou radial: na qual os eixos ficam assimétricos;

• Angular ou axial: ocorre um cruzamento, formando um ângulo irregular de 180°;

• Combinado: desalinhamento de forma paralela e angular ao mesmo tempo.

Os dois primeiros tipos citados acima são perceptíveis sob alguns ângulos específicos. Já o desalinhamento combinado acontece no espaço tridimensional e pode ser observado de qualquer ângulo ao redor do maquinário. Dessa forma, ele é mais difícil de ser corrigido.

Porém, sem as ferramentas adequadas é complicado obter o resultado ideal. Listamos abaixo alguns dos principais sinais de falha no alinhamento de eixos, acompanhe.

Indícios de falha no alinhamento de eixos

• Aumento no consumo de energia;

• Deformação ou deslocamento de seus componentes;

• Falha nos elementos do maquinário;

• Folgas nos calços;

• Vibração excessiva.

Por que fazer esse tipo de ajuste?

O alinhamento de eixos é responsável por até 50% de todos os custos relacionados com a interrupção de máquinas rotativas. Dessa forma, o alinhamento de eixos com precisão, evita paralisações nos equipamentos, fato que reduz o tempo de parada e, consequentemente, evita maiores perdas na produção.

Existem alguns métodos utilizados para ordenar os eixos, por exemplo: alinhamentos de eixos com régua, com relógio comparador e alinhamento de eixos a laser. Mas isso é assunto para outro artigo. 

Considerando o cenário atual, essa redução de custos e otimização de ativos é cada vez mais exigida no meio fabril. Por isso, o alinhamento de eixos se faz necessário.
É justamente nesse momento que a Encopel entra na história: somos uma revendedora autorizada que oferece as melhores soluções para suas necessidades.

 

Entre em contato conosco e solicite um orçamento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *